RS: sistema inédito ajuda a salvar homem alvejado 12 vezes

15 de setembro de 2011 - 00h40

Após ser alvejado por 12 tiros na manhã dessa quarta-feira, Alessandro Nascimento Maia, 25 anos, foi socorrido a tempo de ser salvo em Canoas, no Rio Grande do Sul. Internado no Hospital de Pronto Socorro da cidade, Maia passou por cirurgias para extração dos projéteis, e mesmo com diversas fraturas, não corre risco de morrer, segundo informações do hospital.

A sobrevivência de Alessandro teve o auxílio de um equipamento inédito no País, e que está em funcionamento desde setembro de 2010 em Canoas. Trata-se do Shotspotter, um sistema formado por uma rede de antenas que capta o som de disparos de arma de fogo. A identificação da origem dos disparos leva alguns segundos, ativando um alarme monitorado pelas forças de segurança do município e Brigada Militar do Estado. Foi o alerta que direcionou uma viatura da região ao encontro de Alessandro o mais rápido possível, e, no local, o socorro foi providenciado a tempo.

O crime aconteceu na manhã dessa quarta-feira, por volta das 7h, na rua Gildo de Freitas, região na divisa do bairro Guajuviras, onde funciona o sistema de detecção de tiros. No bairro, a redução de homicídios chegou 73,6%, na comparação do primeiro semestre de 2011 com o mesmo período de 2009, quando o sistema Shotspotter entrou em funcionamento. O índice de queda de homicídios na cidade também é positivo - chegou a 43,4%.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5350166-EI5030,00-RS+sistema+inedito+ajuda+a+salvar+homem+alvejado+vezes.html


Copyright © 2010 ASI Brasil